domingo, 16 de maio de 2010

Como estudar sozinho para o vestibular

Cursinho: alguns alunos não o querem, outros se cansaram dele e há os que sequer cogitam pagar tão caro pelo serviço.

O que resta a esses estudantes é estudar sozinho. E é nesse artigo que vou desvendar o mistério do estudo em casa, sozinho, sem professores ou grupos de estudo. Inexplicavelmente, muitas pessoas acham uma tarefa dificílima. A verdade é que não poderia ser mais simples.
Não deixe de ler:
. Horário de estudos completo
. Vale a pena estudar no domingo?
. As vantagens de estudar por conta própria
Estudar em casa é, afinal, uma das experiências mais prazerosas que um estudante pode vivenciar, por vários motivos. Além da auto-confiança, ganha-se experiência e preparo para o futuro, afinal, no curso superior e em sua futura carreira não terá ninguém ao seu lado o tempo todo pronto pra te ajudar. Independência é tudo.

livro óculos

Vou listar a seguir 5 pontos principais que o aluno que pretende estudar por conta própria deve seguir:

1 - Leia o edital

Ler o edital é a melhor maneira de conhecer o tipo de teste que você vai encarar. Mesmo que já tenha prestado vestibular para a mesma instituição, é muito interessante que se leia sobre a aplicação da prova e sobre o conteúdo que será cobrado. É uma forma de se informar e manter-se calmo. Lembre-se que, quanto mais se conhece sobre algo que será feito, com menos medo se encara o desafio.

2 - Estude por provas anteriores

Isso é o básico para o estudo por conta própria. Antes de sair como um doido achando que se deve saber tudo de tudo para passar no vestibular, analise o exame com inteligência. Pegue a última prova e veja quais temas foram cobrados e, principalmente, como foram cobrados. A partir disso, baseie o seu estudo.

3 - Tenha prioridades

Duas prioridades podem ser definidas: sobre o conteúdo no qual você é deficiente; sobre o conteúdo com maior peso na prova.

No primeiro caso, é importante que se faça em casa o contrário do que deve ser feito na hora da prova, ou seja, durante o exame deve-se começar pelo que mais se sabe, ganhar tempo, pegar fôlego, e partir para as questões mais complicadas. Já durante os estudos, é fundamental que se comece pelo o que pouco se sabe, o que vai possibilitar um ganho de auto-estima e mais gás pra estudar o resto da matéria.

No segundo caso, o importante é estudar o mais relevante para a prova. Não que as outras matérias não tenham importância, mas é crucial que se tenha uma boa noção em relação ao conteúdo que mais dará pontos. Por exemplo, para o vestibulando de Medicina, o importante é estudar muita Biologia e Química, mas, claro, sem se esquecer das outras matérias.

Se você tem uma boa noção de todo o conteúdo, parta direto para o estudo das matérias com maior peso. Mas, caso você tiver grandes dificuldades em determinado conteúdo, estude-o até que fique claro. Só com o entendimento do que não se sabe é que se consegue estudar cada vez mais.

4 - Estudar é algo sério

Não se deixe levar pela mentalidade dos seus pais ou amigos de que "se está em casa, está à toa". É um raciocínio absurdo. Se você estivesse fazendo um curso pré-vestibular não pensariam isso a respeito das suas horas de estudo extra-classe, logo, que não pensem a respeito do período que você estiver em casa. Ócio criativo, amigo.

5 - Descanse

Você também não pode, em hipótese alguma, se deixar levar pela mentalidade de "estudar como se não houvesse amanhã", ou seja, se desgastar ao máximo com os estudos e, quando não aguentar mais, estudar mais ainda.

O estudo deve ser algo que lhe traga prazer, da forma que for. É impossível sentir prazer fazendo algo que acabe com sua saúde física e mental, portanto, independentemente da importância da prova que virá, não descuide da saúde e, fundamentalmente, tenha seus momento de lazer, no bar, cinema, academia, ou o lugar que for.

Estas foram 5 dicas básicas pra quem quer começar a estudar por conta própria e organizar sua vida de vestibulando. Espero que ajudem.

Bons estudos!